Show simple item record

dc.creatorPorto Noronha, Ana Paula
dc.creatorMurgo Mansão, Camélia Santina
dc.creatorNunes, Maiana Farias Oliveira
dc.date.accessioned2015-05-19T15:58:58Z
dc.date.available2015-05-19T15:58:58Z
dc.date.issued2012-10-03 00:00:00
dc.identifier.citationhttp://revistas.ucr.ac.cr/index.php/actualidades/article/view/2167
dc.identifier.issn
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10669/12668
dc.description.abstractEste estudo objetivou explorar as relações entre interesses profissionais quando avaliado pelo modelo de Holland (RIASEC) e fatores de personalidade (Neuroticismo, Abertura, Realização, Extroversão e Socialização). Participaram 122 estudantes da primeira série do Ensino Médio, com idade entre 14 a 18 anos, sendo a maioria mulher (52%). Aplicou-se os instrumentos ATPH – Avaliação dos Tipos Profissionais de Holland e BFP – Bateria Fatorial de Personalidade. Foram encontradas associações significativas entre o fator Abertura e o tipo Artístico, bem como entre o fator Realização e os tipos Social e Empreendedor e o fator Socialização com o tipo Social. O fator Neuroticismo não mostrou associações significativas com as tipologias. Considerando-se os padrões de associação entre os construtos, discute-se a aplicabilidade para intervenções em Orientação Profissional.
dc.format.extent73-86
dc.relation.ispartofActualidades en Psicología Vol. 26 Núm. 113
dc.titleInteresses Profissionais e Personalidade: análise correlacional a partir do ATPH e BFP
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.date.updated2015-05-19T15:58:58Z
dc.language.rfc3066es
dc.identifier.doi10.15517/ap.v26i113.2167


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record