Show simple item record

Etnomatemática e formação de professores: no meio do caminho (da sala de aula) há impasses

dc.creatorSantos Domite, Maria do Carmo
dc.date2013-06-28
dc.date.accessioned2016-05-02T21:38:02Z
dc.date.available2016-05-02T21:38:02Z
dc.identifierhttp://revistas.ucr.ac.cr/index.php/cifem/article/view/10563
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10669/18913
dc.descriptionThe intention here is to look back for a retrospective consideration of the problems and solutions at the crossroads of the paths between teacher preparation and ethnomath, as well as the positioning of a few problems on their interaction. Upon making such reflections, it was perceived that we need to focus on three proposals for change in the development of ways to prepare teachers from an ethnomathematical perspective. First there is the fact that there are many problem situations and solutions in the out of school context that the math that we learn in the school context does not let us perceive. Second, directly connected to the first, when we perceive such problem situations the construction of a bridge between the set of ideas (math) and that which is systematized for the school is put at risk because of the interactions between thought and emotion. Third is the need to reflect as teachers and teachers of math on another prerequisite notion, as what the “other” knows, whatever the logic/rationality and in terms of such construction.en-US
dc.descriptionA intenção nesta palestra é a de um olhar para trás no sentido de fazer uma retrospectiva sobre problemas e soluções do caminho do meio entre Formação de Professores e Etnomatemática, assim como de colocar alguns problemas para refletirmos sobre esta possível interação. Ao fazer tal reflexão, percebi que precisamos estar atentos a três proprostas de mudanças para o desenvolvimento de caminhos para a formação dos professores dentro de uma perspectiva etnomatemática. A primeira está no fato de que há inúmeras situações-problema e soluções do contexto não escolar - que a matemática que aprendemos no contexto escolar não nos deixa perceber. A segunda, diretamente aliada à primeira, quando percebemos tais situações-problema a construção de uma ponte entre este tal conjunto de idéias(matemáticas) e aquele sistematizado pela escola é colocada em risco devido às inter-relações entre o pensamento e a emoção. A terceira está na necessidade de refletir com os professores e professoras de matemática sobre outra noção  pré-requisito, como aquilo que o “outro” sabe, seja qual for a lógica/racionalidade e termos dessa construção.es-ES
dc.formatapplication/pdf
dc.languagespa
dc.publisherUniversidad de Costa Ricaes-ES
dc.relationCuadernos de Investigación y Formación en Educación Matemática;
dc.rightsCopyright (c) 2014 Cuadernos de Investigación y Formación en Educación Matemáticaes-ES
dc.sourceCuadernos de Investigación y Formación en Educación Matemática; Trabajos de la XIII CIAEM - Reseña sobre Ubiratan D’Ambrosioen-US
dc.sourceCuadernos de Investigación y Formación en Educación Matemática; Trabajos de la XIII CIAEM - Reseña sobre Ubiratan D’Ambrosioes-ES
dc.source1659-2573
dc.titleEtnomatemática e formação de professores: no meio do caminho (da sala de aula) há impassesen-US
dc.titleEtnomatemática e formação de professores: no meio do caminho (da sala de aula) há impasseses-ES
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record